sábado, 5 de fevereiro de 2011

ALTA INCIDÊNCIA DE TROTES E LIGAÇÕES INDEVIDAS PARA O SAMU!

Não é de hoje o problema dos trotes!

O SAMU – 192 atende, em média, 2.700 chamadas diárias, das quais, aproximadamente, 67% (1800 a 2000 ligações) são de trotes e chamados indevidos. A diferença entre trote e chamado indevido é que o primeiro é uma informação falsa e o segundo é uma informação verdadeira, mas que não é do perfil de atendimento do SAMU. A incidência de trotes diários chega a 38 – 47% das ligações (1000 a 1400 ligações/dia).

Assim, a média diária de "chamados devidos" é de cerca de 700 a 1000 chamados. Aqui estão incluídos todos os tipos e motivos de solicitações (gineco-obstétricas, cirúrgicas, causas externas, clínicas, pediátricas e psiquiátricas). Todos estes tipos devem ser ainda classificados em urgências severas, moderadas e leves. De fato, aproximadamente, apenas  uma média de 200 solicitações são atendidas diariamente (algo em torno de 6% do total de ligações ou 20% dos chamados devidos). Essa baixa taxa de atendimento aos chamados se deve, essencialmente, ao fato de que o SAMU não tem o objetivo de atender a todos os chamados, mas o de atender aos chamados mais graves.

 Em que casos chamar o SAMU?

       - Na ocorrência de problemas cárdio-respiratórios
       - Em casos de intoxicação exógena
       - Em caso de queimaduras graves
       - Na ocorrência de maus tratos
       - Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto
       - Em casos de tentativas de suicídio
       - Em crises hipertensivas
       - Quando houver acidentes/trauma com vítimas
       - Em casos de afogamentos
       - Em casos de choque elétrico
       - Em acidentes com produtos perigosos
       - Na transferência inter-hospitalar de doentes com risco de morte



Fonte: Site SAMU Fortaleza

Nenhum comentário:

Postar um comentário