segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

DRONES AJUDAM NO ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR

Guiados por GPS para um endereço específico, os famosos Drones, ganharam também uma nova função a de salvar vidas. Dois projetos (um alemão, outro holandês) utilizam drones para acelerar a capacidade de prestação de primeiros socorros e ajudar a reduzir os índices de mortalidade em casos como ataques cardíacos e acidentes de trânsito. Uma espécie de Drone Ambulância vai até a pessoa necessitada em questão de minutos e presta alguns socorros enquanto a ajuda terrestre não chega. 
 Na Universidade Tecnológica de Delft, na Holanda o drone-ambulância, ultracompacto tem micropartículas produzidas por uma impressora 3D e carrega material de primeiros socorros, incluindo um desfibrilador adaptado. Seu tempo de deslocamento em uma área de até 12 km quadrados é de apenas um minuto. A solicitação é realizada por telefone e um especialista dá orientações passo a passo pelo mecanismo de viva-voz, permitindo que qualquer pessoa administre os primeiros cuidados até a chegada de uma ambulância ou equipe médica. Seu criador, Alec Momont, realiza agora esforços de captação de recursos para produzir o drone-ambulância em larga escala.


O Defikopter, desenvolvido por uma instituição sem fins lucrativos alemã (Definetz), transporta desfibriladores e pode ser direcionado a um local específico, situado num raio de até 10km. Seu funcionamento é atrelado a um aplicativo de smartphone, por meio do qual qualquer cidadão pode solicitar a entrega do desfibrilador. Projetado para atender aos pedidos no menor intervalo de tempo possível, o Defikopter voa a 70 quilômetros por hora, uma capacidade especialmente importante quando se considera que a chance de sobrevivência a um ataque cardíaco cai 10% a cada minuto. Produzidos pela Height Tech e ainda sem previsão de lançamento, cada um desses drones custará US$ 26 mil.

CARV nossa missão é Salvar Vidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário